apoio

 
 
Associação dos Funcionários
Aposentados da Companhia
Estadual de Gás do RJ


 
 


 
 
   ESTAÇÃO CAPELINHA
    "PARADA QUASE OBRIGATÓRIA"



 
 
 
 
    Capelinha é um ponto obrigatório de passagem para quem vai para a região de Visconde de Mauá.

   A 20 km do centro urbano de Resende, área típica de pecuária leiteira, sendo muito frequentada por ciclistas e praticantes de voo livre, especialmente  pilotos de parapente.

 
 
 
 
 
    No passado foi pouso das tropas que vinham do Sul de Minas Gerais para Resende trazendo suas mercadorias para vender na cidade.
 
 
 
 
A história da localidade se confunde com a trajetória de um clã, constituído pelas famílias Menandro, Lopes Salgado e Whately.
 
Elias Birbeire conta em seu livro “Capelinha de todos os tempos” que seus antepassados “escolheram a Capelinha por considerarem o local um ponto estratégico: a última etapa
 
do caminho em direção a Mauá, antes da subida da serra”.
 
Até hoje existe uma placa que diz “Capelinha - parada quase obrigatória”.





  Entre 1908 e 1916, houve uma segunda tentativa de colonização no Rio Preto, com a criação do Núcleo Colonial Visconde de Mauá e a vinda de imigrantes alemães e suíços para
 
trabalharem na produção de alimentos. Nesta época, a Capelinha alcançou um grande desenvolvimento, porém, com o fracasso da empreitada no alto da serra e suspensão de
 
todo o apoio oficial, os imigrantes, que insistiram em permanecer no local, dedicaram-se ao turismo.




 
 
Como atrativos, possui rios, cachoeiras, dois pesque-pagues, um alambique centenário, de 1870, além de fazendas históricas .



 
                                     O QUE FAZER
 
 
 
 
POUSADA PESQUE PAGUE CAPELINHA
 (24) 99872 - 8214 / 97402 - 1988
 
                      Site
 
 
 
 
_______________________________________________________
 
 
 
RECANTO DO TAMBAQUI - PESCA ESPORTIVA - BAR E RESTAURANTE
 (24) 99966 - 2490 / 2489
 
                     Site