apoio

 
 
Associação dos Funcionários
Aposentados da Companhia
Estadual de Gás do RJ


 
 


 

 
 
         RIO PRETO
 
 
     Rio Preto está ao pé da Serra da Mantiqueira, entre as cidades do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte, distando 180km do Rio de Janeiro, 355km de Belo Horizonte, 84km de Juiz de Fora e 450km de São Paulo.
 
 
 
 
 
 
       
   A história da localidade está ligada ao ciclo da mineração de Minas Gerais, naquela época, entre o  século XVIII e  início do século XIX, a coroa proibia a abertura de novos caminhos, para que o ouro escoasse apenas por lugares conhecidos e os impostos poderiam cobrados. Assim surgiu Rio Preto, único ponto onde era possível a passagem legal do ouro, sendo chamado, inicialmente, de Registro de Rio Preto.
 
 



       

 

      A cafeicultura  fez com que o povoado fosse elevado à vila em 1844 e à cidade em 1871. O café também foi responsável pela chegada da estrada de ferro Central do Brasil, em 1892. Com a decadência do café, o crescimento econômico e urbano da região se estagnou. Porém, no início do século XX a pecuária começou a ganhar espaço, prática que ainda se destaca nos dias de hoje. O turismo também é relevante para a cidade, graças aos aspectos naturais e históricos do município.
 
 
 
 
          Preto possui diversas cachoeiras, rios e montanhas, e as famosas fazendas da época do Império permanecem até hoje. Existem, ainda, lugares pouco explorados, dentre eles a Gruta do Funil, numa área toda coberta por areia branca e fina. Seu carnaval é muito famoso, considerado o melhor de toda região.