RIO DAS FLORES

                                               

                            

           Suas fazendas históricas preservadas nos remetem à época de prosperidade desse período, que hoje abrigam pousadas ou oferecem visitas guiadas com direito a uma viagem no tempo, com almoço típico da roça, “Jantar dos Barões”, com direito a violinos e apresentações de dança afro.

                                   

       Além das construções históricas, Rio das Flores abriga também diversas cachoeiras, trilhas e mirantes, o da Boa Vista é o mais concorridos pela vista panorâmica e do pôr do sol.

                         

        No Centro, todos os caminhos levam à igreja Matriz de Santa Tereza D’Ávila, onde Santos Dumont e de sua irmã Sofia foram batizados.

                                                      

        O passeio pela região deve incluir uma visita à vila de São José das Três Ilhas, a 35 quilômetros, trata-se de um belo conjunto arquitetônico formado por uma igreja de pedra e dezenas de casarões do século 19 compensa a viagem por estrada de terra.

                                                            

Em julho as construções urbanas e rurais de Rio das Flores tornam-se palco para o Festival do Vale do Café.